Te

Encontrar-te é como a beleza de uma orquídea em meio a uma acinzentada cidade;

Te sentir é como encontrar rosas em meio um campo minado;

Ter-te é como sentir-me entediado só por não ter sua presença;

Pegar-te é como levantar uma pluma em meio a pedras;

Cheirar-te é como ter-te em mim para mim;

Imaginar-te é como uma explosão em plena noite sem luar;

Tocar-te é conviver como seda contra minha pele;

No fim ter-te é uma alegria capaz de reger minha alma em direção ao meu paraíso particular;

torna-te meu céu e serei nuvens que te preenche de conforto e alegria.

Anúncios

~ por René Ramirez em 26/02/2010.

Uma resposta to “Te”

  1. Olha querido, esse poema é maravilhoso, expressou bem o amor, o que ele representa no coração dos apaixonados. Parabéns!!! Bjs!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: