Iron Maiden – como se reinventar sem perder as raízes.

Muitos têm reclamado dos CDs do Iron Maiden, pelo menos os dois últimos, onde o grande feito é inovar mantendo alguns elementos de um passado glorioso e um presente ainda com glorias e inovações as quais muitos negam a aceitar. Reclamar é uma coisa típica de muitos mas quando não é mudanças o problema é a falta delas e quanto há mudanças isso torna-se um problema a banda perde a característica dela, definitivamente uma banda desse calibre tem diversas formas de reclamações, a verdade é, a banda continua criando e acaba se inovando de uma forma impressionante sempre mantendo uma musicalidade excelente, aliando a simplicidade ao brilhantismo, o chamado menos é mais, enfim.

Eu me surpreendi com o novo CD e vc? Eu com certeza como todos que tenho( a discografia toda) esse não faltara. Em cd com uma musica épica como “when the wild Wind blows”, com peso igual a “Rime of the ancient Mariner” ou Alexander the great” o mínimo que se pode fazer e agredecer a banda comprando seu CD, afinal musica faz parte de minha vida e da sua?

Anúncios

~ por René Ramirez em 13/08/2010.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: